Entrevista com Maybelline Broekhuijsen

Que significam a música e compor para você?
''Fazer música é uma maneira de exprimir meus sentimentos. Também é assim quando escrevo poesia e canto.''

Quantos CD's você tem?

"Em 2002 fiz o primeiro CD e em 2003 o segundo. Também fiz um CD em 2003, com Thijmen Vonk; então nós dois tocamos piano. Há números de Thijmen e meus, mas também há alguns que escrevemos juntos. O CD é chamado "Visão Índigo". É um CD esplêndido com música imaginária e romântica.

Em 2004,fiz meu 3º CD: "Da Fonte" e no ano 2005 Thijmen e eu fizemos nosso segundo CD em conjunto: "Enclosure". Os CD's solos "Beyond the Blue" e "Nuvens movimentadas" seguiram em 2005 e em 2006. ''

Que projetos você faz agora?
Estou fazendo e gravando canções para o próximo CD. São canções em português, mas também há alguns em inglês e francês. Eu mesma escrevo as canções ou faço música de minhas poesias feitas em português. Também canto os lindos e sensíveis poemas portugueses de Miguel de Souza. Você pode ler no site esses poemas com as traduções. Lanço o CD no outono do ano 2007.

Você faz outras coisas ainda? ''Eu tenho uma companhia de artes gráficas (The Touch Paint & Print no Wijk bij Duurstede - Holland), e é naturalmente muito fácil para mim pois posso fazer a impressão das capas meus CD's eu mesma. Faço também pinturas. Mas na música posso exprimir melhor meus sentimentos. ''


Mais pinturas da Maybelline

  • www.reclametotaal.com


  • Você vê analogias entre sua música e suas pinturas?

    '''Você pode encontrar nas minhas pinturas o ambiente pensativo, o ambiente melancólico. As cores do verde-azul, o mar, as gaivotas...toda a beleza da natureza, mesmo que não esteja representada nas minhas telas pode ser captada pelo coração de quem as aprecia e as analisa a fundo, procurando definir o que sentia quando as executei''.

    Gosto do mar, do amplidao, do liberdade, do descanso e dos gaivotas do mar. Gosta vivir à borda dum país. Eu vivo também à borda duma cidade. Eu fiz uma canção da gaivota, depois de ter visto sua luta contra o vento. Eu canto-o no português, acho que é uma língua particularmente bonita com consonâncias esplêndidas. ''